Zygmunt Bauman Zygmunt Bauman

A popularidade de Zygmunt Bauman parece estar em franca ascendência. Após sua aposentadoria, o autor começou a escrever freneticamente (mais até do que em seus anos de academia) e forneceu ao mundo uma leitura um pouco diferente da realidade social – o que aumentou a quantidade de trabalhos sobre Bauman e a modernidade líquida em programas de pós-graduação pelo mundo.

O autor passou a analisar a pós-modernidade sob o prisma da liquidez, como uma época em que nada é feito para realmente durar – um ponto no espaço e no tempo em que a fixidez das relações é trocada pela descartabilidade da simples conexão, elaborando o conceito de modernidade líquida. Em Bauman, a modernidade líquida não é a mesma coisa que pós-modernidade, pois a modernidade ainda não teria acabado, ela teria apenas se transformado internamente para uma versão consumista, ultraindividualista e despolitizada.

Veja também:Zygmunt Bauman – Biografia

Abaixo, listamos 5…

Ver o post original 861 mais palavras

Anúncios